http://solo.cetesb.sp.gov.br

Ensaio de germinação e alongamento de raízes

De maneira análoga aos métodos de avaliação da qualidade de efluentes para disposição em água superficial, utiliza-se o ensaio de germinação e alongamento de raízes para avaliar a toxicidade de efluentes para a disposição no solo. Esta é uma das ferramentas utilizadas para complementar a avaliação físico-química das águas residuárias e dos resíduos que serão dispostos em solo.

O princípio desse ensaio é avaliar o efeito fitotóxico no processo de germinação das sementes e no desenvolvimento das raízes nos primeiros dias de alongamento. Neste período de desenvolvimento da planta ocorrem numerosos processos fisiológicos em que a presença de uma substância tóxica pode interferir e alterar a sobrevivência e o seu desenvolvimento normal.

Esse ensaio tem sido utilizado e recomendado por diversos órgãos de proteção ambiental.

O ensaio de germinação de semente e alongamento de raiz é um teste simples, rápido e de baixo custo, podendo ser utilizado em amostras de efluentes e resíduos, para prevenir a disposição no solo de substâncias em níveis tóxicos, além de subsidiar normas e legislações.